Madeira carbonizada Shou Sugi Ban para deck

Além de um lugar para a família e os amigos relaxarem no calor, a piscina também é parte do design de todas as casas, hotéis, etc. Na realidade, quanto mais confortável e bonita essa área for, mais agradável será cada mergulho e momento de descontração.

Dentre as tendências para decoração de área de piscina, o deck de madeira para piscina é uma das mais tradicionais e que tem mais apelo estético. Usando a madeira certa, é possível obter um efeito de sofisticação e luxo e, para isso, são indicados dois tipos de madeira: a Cumaru e a Ipê.

Deck de madeira – um elemento rústico, mas sofisticado

 

O deck de piscina é um local onde as pessoas que estão curtindo a água aproveitam para socializar: dependendo do seu tamanho, muitos deles contam com cadeiras de praia para que se possa tomar sol. Além disso, é comum ter animais e crianças nesses decks.

Sendo assim, é muito melhor ter um deck de madeira do que deixar a região da piscina “sem nada”, apenas com a própria piscina. Com um deck bonito e de bom acabamento, fica muito mais agradável sentar à beira da piscina, ficar conversando, lendo um livro e até fazer aquela sessão de fotos especial para postar nas redes sociais.

Muita gente não conseguiria associar a madeira a um ambiente molhado, como o da piscina. Além disso, há quem pense que a madeira sempre dá ao ambiente um ar rústico e, se essa não for a intenção do projeto de design, esse material teria de ser descartado.

Com a técnica de carbonização de madeira Cumaru e Ipê, no entanto, tudo isso vai por água abaixo: com a carbonização, a madeira fica mais durável e, além de tudo, muito sofisticada. Certamente, a madeira carbonizada Shou Sugi Ban vai deixar o seu deck especial como nunca.

Madeiras Cumaru e Ipê – por que elas são a melhores para o deck da sua piscina?

 

Para que qualquer deck de piscina seja arrasador, é fundamental que ele tenha durabilidade, que seja resistente à água (que é predominante em lugares assim) e, lógico, que seja bonito. As madeiras Cumaru e Ipê reúnem tudo isso e, dessa forma, são o melhor material que se tem no mercado para fazer um bom deck.

A madeira Cumaru, por exemplo, é bastante resistente e oferece brilho médio, além de ser de alta densidade. Para obter esse tipo específico de madeira, é necessário procurar por árvores com 30 metros ou mais de altura, destacando-se que a sua cor é a castanho-amarelada, parecida com a cor caramelo.

É bastante difícil cortar essa madeira, o que já permite confirmar a sua resistência. Esse, inclusive, é um fator importante porque o deck estará constantemente úmido e também há a frequente passagem de pessoas e até animais, além de cadeiras de praia e outras coisas. Por isso, é fundamental que essa madeira não se deteriore facilmente.

Mais uma vantagem da madeira Cumaru é que ela não tem nenhum cheiro; sendo assim, não há riscos de a área da piscina exalar algum odor incômodo que atrapalhe a diversão das pessoas.

O Ipê, por sua vez, é uma madeira utilizada há muitos anos na construção por causa da sua durabilidade e resistência, sendo considerada até mesmo uma madeira nobre. Uma característica da madeira Ipê é o seu peso e ela também seca bem rápido; novamente, isso é absolutamente necessário em uma área de deck de piscina, que é frequentemente molhada.

Usando a madeira Ipê, consegue-se o deck com aparência perfeita por causa do seu ótimo acabamento. Além da construção civil, ela também é excelente para transporte e para a confecção de brinquedos.

Como se percebe dá para explicar a indicação das madeiras Cumaru e Ipê para os decks de piscina pelo fato de elas serem resistentes, belas e funcionarem bem em ambientes úmidos.

Vale dizer que o deck feito em madeira Cumaru ou Ipê pode ser personalizado da maneira que você quiser: ele pode ter quantos degraus você precisar (de acordo com o local onde está a piscina), pode ter aberturas para se encaixar guarda-sol, podem ter padrão de madeira variado a fim de criar desenhos diferentes, etc.

Mesmo com essa madeira sendo bastante dura, também é possível fazer os furos necessários para a colocação de escadinhas e de trampolins, coisas que fazem sucesso na maior parte das piscinas.

Se você não quiser a madeira carbonizada Shou Sugi Ban somente no deck da piscina, pode ampliar esse revestimento e criar uma espécie de segunda área de lazer. Nesse lugar, você pode colocar uma espécie de piso feito com as madeiras Cumaru e Ipê carbonizadas, adicionando poltronas e mesinhas.

Como você pode ver, não faltam opções para você aplicar essa madeira exclusiva na sua área externa e proporcionando ao local um ar de requinte.

O que é a madeira carbonizada Shou Sugi Ban?

 

A madeira carbonizada Shou Sugi Ban é uma melhoria das madeiras Cumaru e Ipê, fazendo delas ainda melhores para o seu deck de piscina. Na realidade, essa madeira carbonizada é obtida por meio de uma técnica japonesa desenvolvida há séculos e que é responsável por grande parte das belíssimas madeiras que se veem nas construções no Japão.

A sua impressionante cor preta é uniforme, ou seja, não se trata de uma madeira Cumaru ou Ipê na tonalidade normal e apenas manchada de preto. Na realidade, a cor após o processo fica em um tom de preto muito intenso e que chamará a atenção por parecer estar pintado.

Uma vez que é bastante difícil encontrar madeira nessa cor e que não seja pintada, a madeira carbonizada nunca passa despercebida em um projeto de design.

A técnica Shou Sugi Ban foi desenvolvida como uma forma de sobrevivência para quem residia nas áreas mais próximas ao mar, especialmente os pescadores. Com as constantes investidas do mar sobre as suas casas, era comum que elas caíssem ou que se danificassem muito facilmente.

Por isso, a ideia era que a madeira carbonizada, tornando-se mais resistente, faria com que a casa dessas pessoas também fosse menos afetada pelas ondas e pela própria maresia. De fato, isso deu bastante resultado e não é para menos que a madeira carbonizada Shou Sugi Ban tem sido tão aproveitada para fazer decks de piscina.

É claro que, ao ter madeira em qualquer parte da casa, uma preocupação frequente é com os cupins: esses insetos acabam por se infestar facilmente na peça de madeira e, se não forem contidos a tempo, podem destruí-la por completo.

Mais um ponto a favor da madeira carbonizada Shou Sugi Ban: por causa do processo de carbonização, ela fica muito mais resistente a esses animais. Por isso, o seu deck de piscina ficará estiloso, durável e livre dos cupins e outros insetos semelhantes.

Além de resistente, a madeira carbonizada é puro luxo por causa da sua cor exclusiva: o processo de fabricação a torna totalmente preta, um efeito único. A tendência do uso do preto na decoração moderna é conhecida por todo mundo e poder usar a madeira carbonizada Shou Sugi Ban para o deck da piscina é, de fato, um privilégio.

Deck Cumaru e Ipê carbonizado – o que faltava na sua casa

 

Sabendo de tantas vantagens da madeira Cumaru e Ipê e da técnica de carbonização, é claro que você já a deve estar querendo na sua casa e a Imoblis Madeira oferece a maior qualidade nesse tipo de serviço.

A empresa domina a tecnologia de madeira Cumaru e Ipê carbonizadas, mantendo todas as características: a durabilidade, a resistência aos cupins e insetos, a resistência à água e a sua beleza.

De fato, a Imobilis Madeiras oferece toda a beleza da madeira carbonizada, tanto para ambientes internos quanto externos. Por isso, se você deseja colocar esse revestimento em mais lugares além do deck da piscina, pode optar pelo chão da sua casa, por exemplo.

O chão que seja feito de madeira Cumaru e Ipê carbonizada fica luxuoso, destacado dos demais e, com certeza, durará por muitos anos, mesmo que haja bastante trânsito de pessoas e animais sobre ele (inclusive salto alto).

A tecnologia usada pela Imobilis Madeiras para carbonizar a Cumaru e a Ipê é de primeiro mundo; por isso, o deck da sua piscina não perderá nada para os decks mais refinados. Com certeza, o Shou Sugi Ban fará da sua área da piscina uma das favoritas da sua casa.

Se você nunca viu de perto uma madeira carbonizada Shou Sugi Ban (www.madeiracarbonizada.com), basta entrar em contato com a Imobilis Madeiras para se familiarizar com o material e tirar as dúvidas sobre a sua manutenção. Inclusive, é claro que as madeiras Cumaru e Ipê carbonizadas também têm manutenção mais simplificada, exatamente pelo seu alto grau de resistência às piores condições de tempo.

A Imobilis Madeiras (www.imobilismadeiras.com.br) é a fabricante da melhor madeira carbonizada Shou Sugi Ban do Brasil e você terá ampla assistência de profissionais que conhecem a técnica japonesa e farão a sua casa, seja na parte interna ou externa, muito mais bonita.

Imobilis Madeiras: 31-3581-3024/ 31-98744-0953

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *